quarta-feira, 11 de julho de 2012

Fifa 13 terá novos meios de driblar o goleiro


A EA vai adicionar na versão de 2013 do game Fifa, maneiras mais elaboradas de driblar o goleiro. Segundo entrevista de David Rutter, produtor do game, uma das inovações em drible da futura versão será a adição de modos de deixar o guarda redes no chão. A atual forma mais popular, contudo, deve ser eliminada. Na atual versão do game, adiantar a bola com o analógico é a maneira mais fácil de tirar o goleiro da jogada. Porém, o novo sistema de dribles do jogo deve limitar as opções com o direcional. O sistema de dribles do Fifa 2013 será baseado no do Fifa Street e vai trazer, segundo o desenvolvedor, maior fidelidade de movimento e reações corporais mais assertiva pelos jogadores. 

FIFA 13     
                                                                                                                                                                 A Electronic Arts prometeu melhorias no modo carreira. A opção de jogo é uma das que mais recebe críticas dos fãs da franquia, especialmente em comparação com a Master League, tradicional modo de jogo do Pro Evolution Soccer, principal concorrente do Fifa. O sistema de domínio dos jogadores não será mais preciso, ou seja, bolas mais complicadas de dominar não serão facilmente recebidas por um jogador menos habilidoso. Na teoria, isso muda algumas práticas usadas nos Fifas antigos. Por exemplo, será mais complicado de segurar o jogo, tocando a bola na zaga, pois as chances de o zagueiro errar o domínio ou o lateral não conseguir matar uma virada de jogo aumentam. No ataque vai ser mais complexo de dominar a bola, pois a pressão feita com os zagueiros vai afetar na recepção dos atacantes. 

Capa

Messi, novo garoto propaganda da franquia, é o astro da capa do jogo. Ele aparece de costas, com a camisa do Barcelona. Fifa, contudo, costuma contar com várias versões de capa, com ídolos regionais. 

Outras mudanças  
                                                                                                                 As faltas vão ganhar jogadas ensaiadas com mais de três jogadores. Na atual versão, o gamer pode colocar um homem do lado da bola para bater direto ou rolar para outros dois batedores. Além das jogadas ensaiadas de ataque na bola parada, o novo game terá a opção de treinar jogadas defensivas. A opção de mudança de direção com o direcional para tirar o defensor da jogada será praticamente anulada e os dribles devem ser mais focados nos movimentos do analógico. A inteligência da máquina para jogadas de ataque vai ganhar melhorias. Para finalizar, a EA prometeu ajustes no sistema de impacto, que protagonizou lances bizarros e piruetas de circo na atual versão do Fifa. A empresa não prometeu datas de lançamento, mas o game costuma chegar no último trimestre do ano. Nas primeiras imagens divulgadas, não dá para perceber uma grande alteração gráfica.